• Adriana de Paula

Série: Lidando com a TPM - Parte 4

Este Post faz parte do Seriado de Estudos, Lidando com a TPM. Para que você entenda melhor sobre esta série de estudos sobre a TPM,  e o quanto ela abençoou a minha vida, você precisa ler o primeiro post que está AQUI




SÉRIE: Lidando com  a TPM - Parte 4

By Nicole Whitacre É mais fácil falar do que fazer. Esse negócio de dizer aos nossos sentimentos para se submeterem à Verdade, não é uma coisa que se faz de uma vez, como aprender o ABC na primeira série. É uma batalha, uma batalha intensa, uma batalha que dura a vida inteira, onde muitas vezes as derrotas são mais freqüentes do que as vitórias, e o progresso é difícil de medir. Mas não somos as primeiras a lutar. Voltando para traz até o início dos tempos está uma linha ininterrupta de santos que lutaram contra as investidas de suas emoções. O profeta Miquéias sabia o que é “morar nas trevas” (Mq.7:8,9). Jó, em meio ao seu sofrimento, lamentou a sua própria existência: “Pereça o dia em que nasci e a noite em que se disse: Foi concebido um homem! Converta-se aquele dia em trevas.” (Jó:3:3-4). O salmista repreendeu a sua alma em desespero: “Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim?” (Sl.42:5,6). O apóstolo Paulo implorou ao Senhor para tirar o seu espinho, seu “mensageiro de Satanás, para me esbofetear”. David Brainerd “sofreu com o mais negro desânimo, ocasionalmente, durante a sua vida breve.”. O missionário Henry Martyn “sofria de uma tendência óbvia à morbidez e introspecção.” Charles Spurgeon lamentou: “Meu espírito estava tão para baixo que eu poderia chorar por uma hora como uma criança, e mesmo assim não saber por que eu estava chorando.” (Nós todas sabemos o que é isso!). Martyn Lloyd-Jones escreve sobre estar “sobrecarregado de trabalho, e exasperadamente cansado e, portanto, sujeito de uma maneira incomum às investidas do inimigo.” Preciso continuar? Porque eu poderia! E todos esses eram homens que não precisavam lidar com TPM ou menopausa! Entretanto, a batalha não é a única coisa que esses homens têm em comum. Muito mais encorajador é ver que todos eles receberam graça do nosso Pai Celestial para suportar, e, eventualmente, triunfar! Todos eles foram conduzidos a descobrir a “válvula de escape”. Como John Piper escreve: Deus teceu a Sua Palavra com fios de verdade diretamente opostos ao nosso desânimo. A lei de Deus realmente restaura (Sl.19:7). Deus realmente nos leva para junto das águas de descanso (Sl.23:2). Deus realmente nos mostra os caminhos da vida (Sl.16:11). A alegria realmente vem pela manhã (Sl.30:5).” Que essa “tão grande nuvem de testemunhas” possa nos estimular a continuar “desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia,” e a corrermos” com perseverança, a carreira que nos está proposta.” Hb.12:1

#Repost, Publicado em 11/09/2010 (1) Este é o terceiro de uma série de 17 posts publicada no blog Girl Talk. (2) Nicole Whitacre é a primogênita da Carolyn Mahaney e uma das contribuintes do site Girltalk (3) Estas postagens foram feitas na época em que os americanos comemoram o Valentines's Day que é mais ou menos o equivalente ao nosso "Dia dos Namorados" Fonte: Extraído do site GirlTalk. parte3 Tradução: Priscila Bernardi Heyse e Ester Bernardi Marafigo

Você já enfrentou ou enfrenta a TPM? Gostaria muito que compartilhasse nos comentários o seu coração conosco sobre as suas lutas e vitorias sobre a TPM. Também quero orar por você, sei o quanto a TPM pode ser avassalador na vida de uma mulher!

69 visualizações

Sobre nós

Nossos trabalhos

Nossos livros

Quem somos

Adriana de Paula

Declaração de Missão

Visão

Propósito

Projeto MEL

Curso Mulheres que Edificam

Desafio 30 Dias de Oração pelo Marido

30 Dias de oração pelos Filhos

Mulheres que Edificam

30 Dias de Oração pelo Marido

30 Dias de oração pelos Filhos

Mulheres Amadas e Aceitas

por Deus

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • Instagram - Black Circle